DESTAQUE:
print this page
Última Postagem:

Com inicio previsto para o dia 21/08 a Prefeitura de Cabedelo oferece Curso de Formação de Preços para MEI

O início do curso “Formação de Preço", promovido pelo Desenvolver Cabedelo em parceria com o Sebrae foi adiado para o próximo dia 21. A iniciativa, voltada aos Microempreendedores (MEI) de Cabedelo acontecerá de 21 a 25 de agosto, no Colégio Imaculada, no centro da cidade, das 19h às 22h.
As inscrições ainda podem ser feitas na sede do Desenvolver e as vagas são limitadas. O curso dará direito ao material completo e certificado, pretende ainda treinar os participantes sobre como definir preços de venda competitivos para seu negócio, a partir do uso de procedimentos técnicos e do conhecimento do mercado em que atuam.
Mais informações podem ser obtidas na sede do Desenvolver, localizada à Rua Pastor Jose Alves de Oliveira, S/N sala C (embaixo do Varandas), ou pelo telefone (83) 9 8808.3234.

Fonte: Secom Cabedelo

Governo Temer tira R$ 10,00 da previsão inicial de aumento do salário mínimo para 2018 e fixa em R$ 969,00 o novo mínimo

A revisão das projeções econômicas para 2018 levou o governo a reduzir o salário mínimo para o próximo ano. O valor de R$ 979 que consta na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) passará para R$ 969 durante a elaboração do Orçamento.
A redução ocorreu por causa da queda na projeção de inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para 2017. No fim de julho, o governo tinha revisado a estimativa para a inflação oficial de 4,3% para 3,7%.
Por lei, até 2019, o salário mínimo será definido com base no crescimento da economia de dois anos antes mais a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), indicador próximo ao IPCA, do ano anterior. Como o PIB recuou 3,6% em 2016, a variação negativa não se refletirá no salário mínimo de 2018.
De acordo com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, o valor do salário mínimo pode mudar até o início do próximo ano. Segundo ele, o Orçamento trabalha apenas com estimativas. “O salário mínimo só será conhecido em janeiro. Até lá, várias coisas podem mudar”, declarou.
A Informações é da Agência Brasil

Foto: Internet

Prefeito de Cabedelo considera que é cedo para definição de nome das oposições ao governo da PB

Aliado de Romero e Cartaxo, prefeito de Cabedelo acredita que ambos têm condições de ser o candidato das oposições, mas prega escolha mais adiante
O prefeito de Cabedelo, Leto Viana (PRP), opinou sobre a escolha que o grupo das oposições terá que fazer em torno do nome de Romero Rodrigues (PSDB) ou Luciano Cartaxo (PSD) para a disputa ao governo do estado em 2018. Na avaliação do gestor, os prefeitos poderiam representar bem o grupo, mas ainda é cedo para definir um nome que representará o projeto nas próximas eleições.
“Temos que avaliar e, no momento correto, teremos que escolher um. Com certeza vamos usar da coerência e ver quem é o melhor para o estado da Paraíba”, disse Leto em entrevista a rádio Arapuan FM. O gestor acrescentou que esta será uma eleição que envolverá vários candidatos, ma, agora, só há pré-candidatos. “Não é momento certo para fazer essa escolha”, destacou.
Nesta terça-feira (15), os prefeitos estiveram presentes em uma sessão especial realizada na Câmara Municipal de Cabedelo para debater as questões fiscais dos municípios, como a dívida ativa e arrecadação. O secretário de Planejamento de Campina Grande, André Agra, também participou do evento.

Por: Blog do Gordinho

Ricardo Coutinho entrega reforma de escola em Cabedelo e autoriza obras de revitalização em área do Berço 101 no cais do Porto paraibano

O governador Ricardo Coutinho entregou, nesta segunda-feira (14), a reforma da Escola Estadual Cidadã Integral José Guedes Cavalcante, em Cabedelo – um investimento de aproximadamente R$ 1,5 milhão –, ocasião em que também assinou a Ordem de Licitação da reforma do Ginásio desta unidade de ensino. Em seguida, assinou a Ordem de Serviço para recuperação do Berço 101, do cais do Porto de Cabedelo, onde serão aplicados cerca de R$ 800 mil. A vice-governadora Lígia Feliciano, deputados estaduais, vereadores e auxiliares do Governo estiveram presentes nas solenidades.
A reforma da Escola José Guedes Cavalcante beneficia cerca de 400 estudantes. “Essa é uma ação essencial para construir as bases de uma boa educação pública. Temos que ter um  ambiente favorável e uma boa base pedagógica, além de equipamentos, laboratórios, ginásios, enfim, agregar a transmissão do conhecimento com outros itens para que a escola pública cumpra sua função. Na Paraíba já há cerca de 33 escolas com ensino integral, como esta aqui em Cabedelo e queremos, no próximo ano, ultrapassar as 70 escolas integrais. Esse modelo dá uma nova motivação para os estudantes, professores e gestores”, enfatizou Ricardo Coutinho.
O governador ainda lembrou que, na semana passada, lançou o aplicativo #EufaçoEducação para dar ao estudante a oportunidade de avaliar as escolas da rede estadual de ensino. “Todo estudante da rede pública vai poder baixar o #EufaçoEducação e opinar sobre como está a alimentação, estrutura, ensino, enfim, sobre tudo relacionado com a escola e estas informações vão diretamente para a Secretaria de Educação. Espero que os alunos entendam a importância deste aplicativo e façam bom uso dele”, comentou.
A Escola José Guedes Cavalcante possui 12 salas de aula, laboratórios, direção, secretaria, arquivo, banheiros, auditório com palco e camarim, recreio coberto, refeitório, rampa com acessibilidade e outras dependências. O local passou por serviços como revisão de toda coberta em telha canal; recuperação estrutural do muro e pilares da escola; substituição e colocação de esquadrias; colocação de forro em PVC nas salas de aula e na administração; climatização nas salas de aula e diretoria, pintura, entre outros.
“A reforma da escola era uma demanda antiga da comunidade, porque a situação estava muito complicada. Hoje a unidade de ensino está viva, com uma bela estrutura e com um novo formato em ensino integral. Os alunos podem vivenciar atividades diversificadas, como a rádio da escola que estimula o uso real da linguagem. Percebemos a alegria dos estudantes estarem aqui, então isso vale muito a pena e tem um grande retorno. Para termos uma ideia da credibilidade da escola, já tem pais querendo reservar a vaga dos filhos para o ano letivo do próximo ano, isso é algo muito significativo”, observou a secretária executiva pedagógica da Educação, Roziane Marinho.
O estudante Bruno Cunha, de 16 anos, faz parte do projeto de rádio da Escola José Guedes Cavalcante e elogiou a iniciativa do Governo do Estado em reformar a escola e investir no ensino integral. “Depois que o ensino se tornou integral eu passei a ter mais responsabilidade com os estudos e me esforcei mais para aprender coisas novas, como a questão do projeto de rádio. Sempre me identifiquei com a comunicação através de rádio e estou há dois meses fazendo parte desse projeto aqui na escola. O ensino integral gera mais desenvolvimento para os alunos e tem resultado positivo para o nosso futuro”, pontuou.
Porto de Cabedelo – Após a solenidade na Escola José Guedes Cavalcante, o governador Ricardo Coutinho assinou a Ordem de Serviço para recuperação do Berço 101, do Porto de Cabedelo. Este Berço é exclusivo para atracação de navios de derivados de petróleo e etanol e não passou por nenhum tipo de manutenção nos últimos 30 anos.
Na ocasião, o governador ressaltou que nos últimos seis anos foram investidos mais de R$ 10 milhões, com recursos próprios, em melhorias no Porto de Cabedelo e que a intenção do Governo do Estado é fazer ações que permitam que o local se desenvolva. “Esse é o Berço mais antigo da década de 30 do Porto de Cabedelo e nunca tinha passado por uma reforma. Ele perde material subaquático há muito tempo, isso faz com que ocorra afundamentos na parte da superfície colocando em risco o próprio Berço. Ele é essencial para a Paraíba, por isso estamos investindo para recuperar e reformar esse local. Já fizemos todo o sistema de defensas, estamos fazendo o balizamento noturno, com novo sistema de sinalização que vai permitir as operações 24 horas no Porto. A obra do Berço 101 é especializada e importante para que o Porto de Cabedelo possa estar preparado e ganhe mais competitividade”, disse Ricardo Coutinho.
O projeto de revitalização consiste na reforma dos 185 metros do Berço. A obra, que está sendo licitada pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), vai possibilitar maior segurança nas operações que ocorrem no local e garantir o abastecimento de combustível no Estado.
“O Berço 101 é o local onde atracam os navios com cargas de derivados de petróleo. Essa obra faz parte de uma série de ações de melhorias para que a gente possa trazer uma nova operação para o Porto chamada Ship to Ship. Esse sistema operacional inédito significa que vão ficar dois navios atracados no Berço, onde o navio maior vai passar combustível para o navio menor e este, por sua vez, vai abastecer outros portos.  Hoje, o Porto de Cabedelo movimenta, na parte de combustíveis, cerca de 50 milhões de litros por mês e a nossa expectativa é que passaremos, inicialmente, a fazer duas operações Ship to Ship por mês, cada uma movimentando 80 milhões de litros, então é um investimento que vem consolidar esse crescimento do Porto com essa operação que nunca existiu”, frisou a presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo.
Atualmente, a movimentação de derivados de petróleo e etanol por meio do Porto de Cabedelo gera aproximadamente R$ 350 milhões de receita para o Estado da Paraíba por meio de arrecadação de ICMS. No 1º semestre de 2017, foram movimentadas cerca de 700.000t, frente a 464.000t movimentadas no mesmo período de 2016, o que mostra um grande crescimento. Recentemente, a Companhia Docas entregou ao Governo Federal, Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental que visam a expansão do Porto de Cabedelo em 2018.
Fonte e texto: Secom-PB

Fotos:  Francisco França

IFPB abre inscrições para 56 vagas em curso marítimo em Cabedelo

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) abriu inscrições para o Processo Seletivo Simplificado dos cursos do Ensino Profissional Marítimo, ofertados pelo campus avançado Cabedelo Centro. São 56 vagas, sendo quatro reservadas para pessoas com deficiência. A seleção é para ingresso em 2017.2, podendo ser aproveitada para preenchimento de vagas de segunda chamada no semestre letivo 2018.1.
O curso de adaptação para aquaviários tem vagas distribuídas para turmas de cozinheiro, taifeiro, enfermeiro e auxiliar de saúde e é inteiramente gratuito. O IFPB oferece o curso em parceria com a Marinha do Brasil, seguindo normas da Diretoria de Portos e Costas.
Confira os perfis para a inscrição
Enfermagem - Possuir Curso Superior em Enfermagem ou Curso Técnico de Nível Médio em Enfermagem com diploma reconhecido pelo MEC e pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen).
Auxiliar de Saúde - Possuir Ensino Médio completo e portar certificado de Auxiliar de Enfermagem, reconhecido pelo Cofen.
Cozinheiro - Possuir Ensino Fundamental completo e curso de capacitação de Cozinheiro com carga horária mínima de 160 horas
Taifeiro - Possuir Ensino Fundamental completo e curso de capacitação de Garçom / Taifeiro com carga horária mínima de 160 horas
As inscrições são gratuitas e online, devendo ser efetuadas até o dia 21 de agosto. A seleção será feita por meio de prova objetiva a ser realizada em 1º de setembro e de exame de aptidão físico. A prova é com questões de Língua Portuguesa e Matemática. Em 18 de setembro, estima-se a publicação da lista de aprovados para a próxima etapa que é a prova de aptidão física, marcada para 23 de setembro.
Em 26 de setembro, deve ser publicado o resultado preliminar. Nas duas fases, há prazo para recursos. Em 2 de outubro, deve ser publicado o resultado final dos classificados. A Compec é a responsável pela organização da seleção.
Fonte: Assessoria do IFPB

Foto: internet

De 2005 a 2017 o CNJ já puniu 82 juízes, 53 deles ainda recebem salário proporcional

Forma mais comum de punição é a aposentadoria compulsória, que afasta magistrados, mas mantém benefícios
O Brasil possui 17 mil juízes e desembargadores. De 2005 para cá, 82 deles foram punidos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Deste total, 53 tiveram como punição a aposentadoria compulsória. Isso significa que os juízes foram afastados de suas funções, mas continuam recebendo salário proporcional ao tempo de serviço.
Outra possibilidade é o processo criminal. Neste caso, o juiz pode perder o cargo e os rendimentos financeiros. No entanto, isso só acontece após a condenação em segunda instância. Os tribunais de justiça do Brasil foram procurados para saber quantos juízes foram condenados e quantos perderam seus cargos e benefícios entre 2005 e 2017 no país. Apenas cinco estados responderam. São Paulo, por exemplo, teve quatro casos de condenação entre 2012 e 2014.
Uma situação comum é a de juízes que foram condenados, mas recorreram e, por isso, continuam recebendo seus salários normalmente.
É o caso do juiz José Edvaldo Albuquerque de Lima, de João Pessoa. Ele foi condenado a 13 anos e 4 meses de prisão pelos crimes de prevaricação, associação criminosa e corrupção passiva, teve a aposentadoria cassada, mas está recorrendo. Com isso, continua recebendo R$ 29 mil todos os meses.
O juiz comandava uma quadrilha que fraudava ações contra grandes empresas. Segundo a polícia, apenas as ações de três advogados que participavam da quadrilha renderam mais de R$ 7 milhões a Albuquerque de Lima. Um dos casos mais emblemáticos é o do juiz Flavio Roberto de Souza, do Rio de Janeiro. Ele foi o responsável por expedir o mandato de busca e apreensão contra o empresário Eike Batista.
Porém, o juiz assinou a decisão sem sequer ter lido o conteúdo. Quem confessou foi o próprio Flavio. Além disso, a justiça recolheu dois veículos e um piano de Eike. Tudo foi parar no condomínio do juiz, que resolveu dar uma “voltinha” com um dos carros.
Mas, o processo contra o juiz tratou principalmente do sumiço do dinheiro apreendido na mansão de Eike. Ficaram guardados no gabinete de Flavio R$ 90 mil, além de outras quantias em dólares, libras e euros; R$ 27 mil desapareceram.
No julgamento, o juiz Flavio Roberto afirmou que, nesta época, ele estava afastado de suas funções por licença média.
Enquanto não for condenado em segunda instância, o juiz continuará recebendo a aposentadoria compulsória.
Informação: Blog do Gordinho

Créditos: G1

Jornalista Rui Galdino afirma que Ricardo vai derrotar Cássio mais uma vez, agora, com João Azevedo

Meus amigos, minhas amigas, meus caros leitores. A política da Paraíba, continua fervendo nos bastidores. Da parte do governo, o candidato à governador, será mesmo o super secretário, JOÃO AZEVEDO (PSB), isso já é prego batido e ponta virada, resta apenas esperar a data da convenção partidária para oficializar o nome de JOÃO e demais candidatos que comporão a chapa principal e as demais coligações na proporcional. Com relação à chapa principal, deverá acontecer muitas novidades.
O governador Ricardo Coutinho, deseja realmente ficar no mandato até o final do seu mandato, porém, de acordo com os futuros fatos e o andar da carruagem, poderá se desincompatibilizar no prazo da lei, e sair candidato a senador ou até mesmo, para um vôo nacional, sendo vice-presidente na chapa de LULA. E aí, num acordo com os FELICIANOS, Lígia, assumiria o governo até o final de 2018.
Com relação à oposição, aliás, às oposições, que dizem, que são muitas e estão todas unidas, quero ver até onde vai essa tal união, pois, não acredito em nenhuma união, quando se tem mais de três pré-candidatos à governador, todos querendo um espaço ao sol, blefando entre si, onde ninguém confia em ninguém e alguns, já pensam até, em se compor com o governo.
Na verdade, o grande líder da oposição ou oposições, é o senador Cássio Cunha Lima ( PSDB ), mesmo com todo o desgaste que vem passando nos últimos anos. A situação da oposição é muito ruim, pois, vão ter que enfrentar um governo bem avaliado pela população e bastante operoso. A quem diga, que Cássio, prefere perder para governador, do que para senador na sua reeleição. Já pensou? Outros dizem, que Cássio, vai vestir o pijama e não será mais candidato a nada!
Bom, eu penso diferente. Acho, que Cássio, mesmo com todo desgaste, não vai amarrar as chuteiras, e vai SIM, no momento certo, sair da toca, colocar o bico de fora e mostrar o tucano e galo de campina que tem dentro de si, e numa tentativa do tudo ou nada, será o candidato a governador das oposições. Aliás, Cássio, é o único que poderá reunir todas as oposições em torno de seu nome, pois, nenhum outro nome, terá esta proeza.
Por isso, prevejo um embate no próximo ano, entre João Azevedo X Cássio Cunha Lima, inclusive, Cássio, poderá sair do PSDB e ser candidato pelo PMDB. Aliás, todo grupo Cunha Lima, poderá voltar para o PMDB em breve, um retorno à velha casa, justamente pelas mãos de quem os tirou: José Maranhão. Lembram? Pois é, a política é realmente muito dinâmica e bastante interessante.
Então, 2014, poderá se repetir em 2018. Pois, vão dizer a Cássio, aliás, já estão dizendo, que João Azevedo, é galinha morta, e Cássio, sem querer querendo, vai engolir a corda mais uma vez, e mais uma vez também, será derrotado pelo governador Ricardo Coutinho, que tem tudo para eleger o seu sucessor, que será JOÃO, bem como, os dois senadores da sua chapa.
Fonte: Gutenberg Cardoso do Polêmica Paraíba

Créditos: Rui Galdino Filho (advogado e jornalista )

314 vagas de emprego estão disponibilizadas no Sine-PB em sete municípios paraibanos

O Sistema Nacional de Empregos na Paraíba (Sine-PB) oferece, a partir desta segunda-feira (14), 314 vagas de emprego em seus postos instalados nos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Santa Rita, Patos, Bayeux e Itaporanga. A maioria das oportunidades de trabalho é para técnico de manutenção industrial (50) em João Pessoa.
Para a inscrição, os interessados devem procurar a sede do Sine-PB, localizada na rua Duque de Caxias, 305, no Centro de João Pessoa (próximo ao Shopping Terceirão), com RG e CPF.
Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (83) 3218-6619, 3218-6618 ou 3218-6624 (em João Pessoa) e (83) 3310-9412 (em Campina Grande).

Confira as vagas:
SINE JOÃO PESSOA – 176 VAGAS
50-TÉCNICO DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL
30-AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO ( PESSOA COM DEFICIENTE)
20-AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO
10-CONFERENTE DE LOGÍSTICA
10-CHEFE DE SEÇÃO DE EXPEDIÇÃO
10-AUXILIAR DE LOGÍSTICA (PESSOA COM DEFICIÊNCIA)
06-VENDEDOR PRACISTA
04-COSTUREIRA EM GERAL
03-MECANICO DE AUTOMÓVEL
03-FARMACEUTICO
03-ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES DE PRÉDIOS
03-AUXILIAR DE PESSOAL
03-ASSISTENTE ADMINISTRATIVO
02-TECNICO EM MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA
02-PIZZAIOLO
02-ANALISTA DE RECURSOS HUMANOS
02-ALINHADOR DE RODAS
01-TECNICO DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO DA MANUTENÇÃO
01-PINTOR DE AUTOMÓVEL
01-OPERADOR DE CAMINHÃO FORA DE ESTRADA
01-MECANICO DE MOTOR A DIESEL
01-MECÂNICO DE EMPILHADEIRA
01-MANICURE
01-INSTALADOR DE INSULFILM
01-ENGENHEIRO CIVIL
01-DOBRADOR GRÁFICO
01-CONFEITEIRO
01-CAPOTEIRO
01-BORRACHEIRO
01-ALINHADOR DE DIREÇÃO

SINE CAMPINA GRANDE- 55- VAGAS
30-AGENTE DE VENDAS DE SERVIÇOS
10-VENDEDOR DE PLANO DE SAÚDE
07-AGENTE DE MICROCRÉDITO
02-ATENDENTE DE TELEMARKETING
01-TECNICO EM SEGURANÇA DO TRABALHO
01-TECNICO DE APOIO AO USUÁRIO DE INFORMÁTICA
01-GERENTE COMERCIAL
01-ESTETICISTA
01-COBRADOR VIAJANTE
01-AUXILIAR DE MANUTENÇÃO ELÉTRICA E HIDRÁULICA

SINE GUARABIRA – 36 VAGAS
20- COSTUREIRA EM GERAL
12-SERVENTE DE PEDREIRO
02-VENDEDOR PRACISTA
01-GERENTE DE DEPARTAMENTO PESSOAL
01-AUXILIAR DE FAROLEIRO

SINE SANTA RITA- 37 VAGAS
08-VENDEDOR DE SERVIÇOS
03-TORNEIRO MECÂNICO
03-OPERADOR DE CALDEIRA
03-MECANICO DE MANUTENÇÃO DE MAQUINAS AGRÍCOLAS
03-FERMENTADOR
03-ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES DE VEÍCULOS AUTOMOTORES
03-DESTILADOR
03-CALDEIREIRO SERRALHEIRO
03-BORRACHEIRO
01-TECNICO EM FARMÁCIA
01-SUPERVISOR COMERCIAL
01-FARMACEUTICO
01-COZINHEIRO GERAL
01- TÉCNICO DE ENFERMAGEM DO TRABALHO

SINE PATOS – 05 VAGAS
05-CONFERENTE DE LOGÍSTICA

SINE BAYEUX- 04 VAGAS
01- AGENTE FUNERÁRIO
01-AUXILIAR DE PEDREIRO
01-BORDADEIRA
01- CORTADOR DE ROUPA


SINE ITAPORANGA – 01 VAGA

Sem ouvir a população e entidades da sociedade civil a Prefeitura de Cabedelo conclui a elaboração do PPA 2018/2021 que será encaminhado a Câmara

A Secretaria de Finanças de Cabedelo (Sefin) apresentou, nesta quarta-feira (2), a conclusão do Plano Plurianual (PPA) para o quadriênio 2018-2021. O evento aconteceu no Auditório do Anexo da Prefeitura e contou com a presença do prefeito Leto Viana e do vice, Flávio de Oliveira, além de secretários executivos e representantes da Câmara Municipal. Após sua apresentação, o documento será encaminhado à Casa Legislativa e, em seguida, ao Tribunal de Contas até o final deste mês.
O PPA define as diretrizes, os objetivos e as metas do governo. E segundo a gestão municipal, tem o intuito de equilibrar as contas públicas e garantir serviços de qualidade aos cabedelenses. Assim como, assegurar a realização das mudanças necessárias e torná-las sustentáveis ao longo do tempo.
Ainda de acordo com a gestão, o Plano apresentado foi construído em seis programas temáticos e estruturado em três eixos: Melhoria da qualidade de vida e justiça social; Ordenamento, infraestrutura urbana e crescimento sustentável; e Gestão e governança com transparência.
Entidades da sociedade civil protestam e denunciam que nunca foram convidadas a participarem de reuniões para emitirem suas opiniões e expressarem suas colaborações a cerca da elaboração do PPA proposto pelos sucessivos governos. "Esta cidade não tem histórico de participação popular na elaboração das peças que norteiam as diretrizes e orçamentos do poder público local. Até a Câmara, que se denomina 'o poder do povo', em alguns momentos, se nega a ouvir a representação da sociedade civil conforme determina a legislação local. Alegam que a sociedade já está representada na Câmara. Eu não acredito em democracia representativa sem o referendo e a participação popular" afirmou o coordenador do MNLM-Cabedelo, Roberto Guilherme.
O PPA estabelece as diretrizes, os objetivos e as metas da administração pública municipal para as despesas de capital e outras despesas correntes. O documento, cujo conteúdo orienta as ações futuras de cada área do governo municipal, foi autorizado pelo prefeito Leto Viana através da Portaria Gapre nº 2.835/2017. O ato oficial formalizou a equipe responsável pelo estudo e a conclusão do PPA, em um trabalho conjunto entre Procuradoria, Controladoria, Secretaria de Finanças e seu Departamento de Contadoria Geral do Município.
Edição de texto: Aguinaldo Silva
Fonte: MaisPB/MNLM-Cabedelo

Porto de Cabedelo vai ampliar operação com combustíveis ainda este ano

A Companhia Docas da Paraíba deu importantes passos nesta quinta-feira (10) para garantir e ampliar a operação de combustíveis no Porto de Cabedelo.
A diretora-presidente da empresa, Gilmara Temóteo, e o assessor de Planejamento, Alessandro Marques, tiveram duas reuniões no Rio de Janeiro com representantes da Petrobras e garantiram o início de mais uma operação com combustíveis, com a implementação, até o final do ano, do sistema operacional chamado Ship to Ship.
Neste tipo de operação ocorre a transferência de derivados de petróleo de um navio para outro atracado ao seu lado, sem que haja necessidade de se descarregar os volumes no porto.  A expectativa é que com esse novo sistema haja um aumento na arrecadação do ICMS por parte do Governo do Estado em aproximadamente R$ 400 mil por operação.
O sistema operacional Ship to Ship também possibilitará que o Porto passe a ser polo de distribuição de combustível para outros portos localizados no país e até mesmo portos de outros países.
De acordo com Gilmara Timóteo, a Companhia Docas investiu aproximadamente R$ 800 mil para viabilizar a operação e a iniciativa vai aumentar a movimentação do Porto e contribuir para o desenvolvimento econômico do Estado.
Abastecimento – A outra reunião que Gilmara e Alessandro participaram foi com a Gerência Geral de Comercialização de Produtos Claros, no sentido de garantir o abastecimento de combustível do Estado da Paraíba por meio do Porto de Cabedelo.
Atualmente, o Porto de Cabedelo movimenta cerca de 50 mil metros cúbicos de combustíveis por mês, arrecadando R$ 300 mil para a Companhia Docas e R$ 25 milhões de ICMS para o Estado.
Fonte e fotos: Secom/PB

88 milhões de trabalhadores terão direito a receber lucros do FGTS

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta terça-feira (8) que 88 milhões de trabalhadores terão direito a receber R$ 7,2 bilhões referentes aos lucros do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) que serão distribuídos até 31 de agosto. O montante corresponde à metade do lucro líquido do FGTS em 2016, de R$ 14,5 bilhões.
Os números foram anunciados durante evento no Palácio do Planalto, no qual estavam presentes, entre outros, o presidente Michel Temer, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o presidente da Caixa, Gilberto Occhi.
Os saques, porém, somente poderão ser feitos nas condições normais previstas em lei (veja abaixo nessa matéria).
"A medida provisória das contas inativas foi temporal, encerrou em 31 de julho deste ano. Quem sacou a conta inativa pode sacar o rendimento? Não. Só poderá sacar aquele cidadão que se enquadrar na possibilidade de saques, aquele que se aposentou, que a sua conta inativa já transcorreu os três anos de inatividade", disse o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi.
Maior parte das contas vai receber até R$ 10
De acordo com a Caixa Econômica Federal, serão contempladas 245,7 milhões de contas do FGTS, relativas aos 88 milhões de beneficiários. Cada trabalhador pode ter mais de uma conta, por conta da troca de empregos.
Os números mostram que, do total de contas que receberão o rendimento maior do FGTS, a maior parte receberá até R$ 10.
Veja abaixo a distribuição:
180,94 milhões receberão até R$ 10
47,88 milhões de contas serão creditadas com um valor entre R$ 10,01 e R$ 100
16,02 milhões de contas receberão entre R$ 100,01 a R$ 1 mil
835,43 mil contas serão creditadas de R$ 1.000,01 a R$ 5 mil
24,57 mil contas receberão acima de R$ 5.000,01
Como acessar os recursos
A Caixa criou uma página na internet para atender ao trabalhador. No site, o cidadão pode conferir quem tem direito ao saque, valor a ser depositado e tirar outras dúvidas.
O Serviço de Atendimento ao Cliente da Caixa também prestará informações, no telefone 0800 726 2017.
Para realizar a consulta no site ou no telefone, o trabalhador precisará informar o nome completo, número do CPF ou o número do PIS.
De acordo com o presidente da Caixa, Gilberto Occhi, os depósitos nas contas começarão na próxima semana e deverão se estender até o fim deste mês.
Conforme a Caixa, o valor médio do depósito será de R$ 29,62 por conta.
O evento no Planalto
O evento desta quinta no Planalto ocorreu logo após uma reunião de Temer com a equipe econômica na qual foi discutida a revisão da meta fiscal para este ano.
A dificuldade para atingir a meta, que prevê déficit de R$ 139 bilhões, é causada pelo baixo nível de atividade da economia e pela perda de arrecadação do governo, abaixo do projetado para o ano.
De acordo com a Caixa, o índice de rentabilidade das 245,7 milhões de contas contempladas pela distribuição dos lucros será de 7,14% ao ano.
O anúncio da distribuição já havia sido feito pelo presidente, na terça-feira (8), durante evento em São Paulo. Ao perceber que havia antecipado a informação, o presidente brincou ao pedir que todos "fizessem de conta" que não tinham ouvido.
"Faz de conta que ninguém ouviu, ninguém conta para a imprensa que na quinta-feira nós vamos anunciar R$ 7 bilhões do Fundo de Garantia para os trabalhadores", brincou Temer.
Na oportunidade, o presidente destacou que a ação serve para estimular a economia, assim como a liberação dos saques das contas inativas do FGTS.
Veja as condições de saque das contas do FGTS, previstas em lei
Na demissão sem justa causa;
No término do contrato por prazo determinado;
Na rescisão do contrato por extinção total da empresa; supressão de parte de suas atividades; fechamento de quaisquer de seus estabelecimentos, filiais ou agências; falecimento do empregador individual ou decretação de nulidade do contrato de trabalho - inciso II do art. 37 da Constituição Federal, quando mantido o direito ao salário;
Na rescisão do contrato por culpa recíproca ou força maior;
Na aposentadoria;
No caso de necessidade pessoal, urgente e grave, decorrente de desastre natural previsto no Decreto n. 5.113/2004 (clique aqui), que tenha atingido a área de residência do trabalhador, quando a situação de emergência ou o estado de calamidade pública for assim reconhecido, por meio de portaria do Governo Federal;
Na suspensão do Trabalho Avulso por prazo igual ou superior a 90 dias;
No falecimento do trabalhador;
Quando o titular da conta vinculada tiver idade igual ou superior a 70 anos;
Quando o trabalhador ou seu dependente for portador do vírus HIV;
Quando o trabalhador ou seu dependente estiver acometido de neoplasia maligna - câncer;
Quando o trabalhador ou seu dependente estiver em estágio terminal, em razão de doença grave;
Quando a conta permanecer sem depósito por 3 (três) anos ininterruptos cujo afastamento tenha ocorrido até 13/07/90, inclusive;
Quando o trabalhador permanecer por 03 (três) anos ininterruptos fora do regime do FGTS, cujo afastamento tenha ocorrido a partir de 14/07/90, inclusive, podendo o saque, neste caso, ser efetuado a partir do mês de aniversário do titular da conta;
Na amortização, liquidação de saldo devedor e pagamento de parte das prestações adquiridas em sistemas imobiliários de consórcio;
Para aquisição de moradia própria, liquidação ou amortização ou pagamento de parte das prestações de financiamento habitacional concedido no âmbito do SFH.
Fonte: G1

Foto: Internet

Porto de Cabedelo tem movimentação intensa na primeira quinzena de agosto

O Porto de Cabedelo terá uma movimentação intensa na primeira quinzena de agosto. Está programado o atracamento de cinco navios neste período com 40 mil toneladas de produtos saindo e chegando ao Estado.
O primeiro navio a atracar neste mês foi o Aeolos, das Ilhas Marshall, que veio da Argentina trazendo 10 mil toneladas de trigo.
Neste sábado (5), chega ao Porto o navio brasileiro Livramento, trazendo 13 mil toneladas de derivados de Petróleo diretamente de Guamaré, no Rio Grande do Norte.
Já no próximo dia 9, o navio holandês Eurogracht atraca em Cabedelo para embarcar 4,5 mil toneladas de granito, que será exportado para a Itália.
Outros dois navios fecham a movimentação na primeira quinzena de agosto: o Barnacle chega no dia 11 com cinco mil toneladas de trigo e no dia 14 o navio liberiano Hr Constellation atraca com sete mil toneladas de bentonita.
Para a diretora-presidente da Companhia Docas da Paraíba (Docas-PB), Gilmara Temóteo, essa intensa movimentação reflete o trabalho executado pela atual gestão, mas também aponta para a necessidade de conseguir investimentos para potencializar ainda mais a capacidade de operação do Porto.
“Uma das nossas metas é conseguir emendas para a dragagem do Porto para aumentar o calado e permitir que navios de até 55 mil toneladas possam atracar aqui”, destacou.
Gilmara ressalta ainda que a Docas-PB tem feito importantes ações como a implantação das novas boias que vão permitir o atracamento e desatracamento de navios 24 horas por dia, a implantação das novas defensas (dispositivos de proteção destinados a evitar o choque dos navios no cais), assim como a entrega ao Governo Federal de estudos para licitação de três áreas do Porto que vão permitir investimentos na ordem de R$ 80 milhões.

Fonte e Foto: Secom/PB

Saiba como se posicionaram os deputados federais paraibanos e quem votou contra e a favor da permanência de Temer

A Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (2) o relatório da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), de autoria do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), que recomendava a rejeição da denúncia da Procuradoria Geral da República por crime de corrupção passiva contra o presidente Michel Temer.
Seis deputados federais paraibanos votaram a favor do arquivamento da denúncia contra o presidente da República Michel Temer (PMDB), na noite desta quarta-feira (2), na Câmara Federal. Outros cinco votaram contra o presidente. Já Wilson Filho (PTB) ‘bateu o pino’ e faltou a votação.
Os que votaram a favor do arquivamento foram: Rômulo Gouvêia, que é presidente do PSD na Paraíba, partido do ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab; Aguinaldo Ribeiro (PP), líder do governo na Câmara; Hugo Motta (PMDB); Efraim Filho (DEM); Benjamin Maranhão (SD); e André Amaral (PMDB).
Já os que votaram pela continuação das investigações contra Temer foram: Pedro Cunha Lima (PSDB), que votou a favor do impeachment de Dilma, processo que conduziu Temer ao Planalto; Wellington Roberto (PR), que justificou que estaria contrariando a indicação do partido, mas votaria de acordo com o clamor do povo paraibano; Damião Feliciano (PDT); Veneziano Vital Do Rêgo (PMDB); e Luiz Couto (PT), seguindo a tendência de sua ideologia política e partidária.
No total, votaram 492 dos 513 deputados – 264 a favor do relatório, 227 contra e duas abstenções. Houve 19 ausências – com base no regimento da Câmara, o presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) não votou.

Nova fase da Operação Clone prendem seis carros e mais três suspeitos, dois deles em Cabedelo nos bairros Intermares e Renascer.

O trabalho investigativo da Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC) da Capital, resultou na desarticulação de um esquema de roubos e clonagens de veículos que atuava na Grande João Pessoa, Pernambuco e Rio Grande do Norte. A ação, que é a quarta fase da Operação Clone, aconteceu durante esta terça-feira (1), com a prisão de três homens e a apreensão de seis veículos, além de outros materiais necessários à prática das fraudes.
O trabalho policial foi iniciado no bairro do José Américo, na Capital, quando a equipe de investigadores abordou Luiz Gustavo de Arruda Filho, que estava de posse de dois veículos roubados, além de um carregador de pistola. Em seguida, no bairro do Renascer, em Cabedelo, foi preso um homem que se identificou como Vanderlei Tomazelli, mas que a Polícia Civil já identificou como Gilmar Luiz Escapin, foragido da penitenciária de Parnamirim (RN). Com ele foram apreendidos três veículos. Já no bairro de Intermares, foi abordado e preso Gilson Gomes da Silva, com o qual os policiais civis encontraram outro veículo roubado.
“Todos os presos são naturais do Rio Grande do Norte, mas agiam na Paraíba e em Pernambuco, de onde também encomendavam os veículos que seriam clonados. Acreditamos que Gilmar é o pivô do esquema, pois era responsável por fazer efetivar a adulteração dos carros e também era procurado por outras quadrilhas já desarticuladas em outras fases da Operação Clone. Na casa de Gilson ainda foi encontrada uma impressora de corte específico para remarcação de chassis em vidros de carros e computadores com programas desenvolvidos para efetuar as fraudes e outros materiais como solventes e lixas. Já na residência de Luiz Gustavo, também havia motores e cortes de chassis de outros veículos roubados para fazer ‘implantes’ em outros carros. Também apreendemos documentos que podem ser do Detran, cuja autenticidade será confirmada por meio de perícia realizada pelo Instituto de Polícia Científica”, explicou o delegado Tércio Chaves, da DRFVC.
Todos os presos foram autuados em flagrante pela prática de associação criminosa, receptação de veículos roubados e adulteração. Luiz Gustavo e Gilson serão encaminhados para unidades prisionais da Paraíba e Gilmar será encaminhado para o Rio Grande do Norte, assim que for recebido mandado de prisão expedido por conta da fuga da penitenciária de Parnamirim.
Operação Clone – A repressão qualificada a roubos e furtos de veículos na Paraíba resultou na apreensão de mais de 70 veículos roubados ou clonados no estado, com a deflagração da Operação Clone. As duas primeiras versões do trabalho foram desencadeadas no 2º semestre de 2016. Na 1ª fase, 14 veículos foram apreendidos e quatro pessoas presas. Na 2ª fase as apreensões chegaram a 50 carros e outras três pessoas presas. Na 3ª etapa, mais 10 presos e o total de veículos chegou a 69.

Procon de Cabedelo debate aplicação da Lei da Fila com lotéricas, Correios e correspondentes bancários

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Cabedelo reuniu, nesta terça-feira (1), representantes de Casas Lotéricas, Correios e correspondentes bancários para esclarecer detalhes e debater a Lei Municipal nº 1.833/2017, sancionada pelo prefeito municipal no último dia 13.
A reunião, que contou com a presença de representantes das lotéricas Intermares e Transamazônica, Correios e Sabrina Magazine, teve, dentre outras finalidades, atualizar os agentes acerca das exigências que se instalam a partir da promulgação da lei em relação à quantidade e pessoal disponível para atendimento e tempo de permanência na fia, bem como ao respeito aos estatutos do idoso e da pessoa com deficiência.
“A reunião teve por objetivo esclarecer sobre a lei municipal que estende a lei da fila dos bancos para os correspondentes bancários, correios e casas lotéricas. Foi uma oportunidade de discutir, debater e orientar esse segmento do comércio para que se adeque a legislação, pois é publico e notório que as filas são enormes e temos recebidos muitas denúncias, varias reclamações aqui no Procon. Além disso, saber também das necessidades deles para pudermos, em breve, fazer as fiscalizações e agir em defesa do consumidor”, comentou o secretário geral do Procon, Francinaldo Oliveira.
No debate que marcou a reunião, os representantes colocaram as dificuldades estruturais e operacionais para se adequar ao que determina a lei. Questões que envolvem a dependência das matrizes para a ampliação dos ambientes e aquisição de novos terminais, os períodos do mês em que as agências são sobrecarregadas, problemas com o sistema e a segurança. Ficou acertado que, para uma completa adequação, é necessária a abertura de diálogo com a Caixa Econômica e, também, com a Câmara Municipal para rever os termos da lei.
A lei - A lei 1.833/2017, de autoria do vereador Rogerio Santiago (PRP), deu nova redação aos artigos 1º, 2º, 3º, 5º e 7º da Lei Municipal nº 1.499/2010, que foi proposta inicialmente pelo vereador Eudes José PTB, após as emendas aditada nesta legislatura, obriga as agências bancárias, casas lotéricas, correspondentes bancários e Correios a colocarem à disposição dos usuários pessoal suficiente no setor de caixas, para que o atendimento seja efetivado no prazo de 20 minutos em dias normais, e 30 minutos em véspera e depois de feriado. Essa exigência se estende para os dias de pagamento dos servidores, de recolhimento dos tributos municipais, estaduais e federais.
Ela também prevê a instalação de cadeiras ergométricas para os maiores de 60 anos, gestantes e portadores de deficiência e pessoas com crianças de colo.
Em relação às penalidades, a nova redação delimita sanções administrativas que vão da advertência, quando da primeira infração; multa, interdição do estabelecimento e cassação do alvará de funcionamento. A lei entra em vigor decorridos 120 dias da data de publicação, ou seja, no dia 15 de novembro.
Edição de Texto: Aguinaldo Silva

Fonte, Foto e Texto: Secom Cabedelo

Doação de terrenos públicos sem licitações revolta a população e base aliada em Cabedelo

A Lei 8.666/93 (Lei das Licitações) determina em seu artigo 17º a realização de licitações para este tipo de permuta.
O tempo esquentou essa semana em Cabedelo! A cidade portuária paraibana tem vivido momentos de alta tensão com a gestão do prefeito Leto Viana sendo alvo constante de críticas e escândalos que maculam cada vez mais sua administração. As ações do prefeito dessa vez colocaram a Câmara Municipal no olho do furacão, isso porque a base aliada de Leto Viana aprovou, com ampla maioria, dois projetos que visam a doação de áreas públicas do município, mais precisamente no bairro de Intermares, considerado o mais valorizado da cidade.
O prefeito de Cabedelo detém uma base confortável na Câmara Municipal, o que lhe permite aprovar o que for do seu interesse sem qualquer preocupação. Dos 15 vereadores, atualmente Leto Viana conta com o apoio de 12, restando apenas 3 na oposição: José Eudes (PTB), Fabiana Régis (PDT) e Geusa Ribeiro (PRP – partido do atual prefeito).
A notícia da doação dos terrenos se espalhou rapidamente e causou revolta na população em geral, principalmente nos moradores de Intermares que estão diariamente postando nas mídias sociais denúncias a respeito do descaso da Prefeitura para com o bairro. Os moradores questionam ainda a avaliação feita para os terrenos, que não estaria sendo vantajosa para a cidade, como também a forma pouco transparente de como se deu a negociação para as doações.
PRIMEIRA DOAÇÃO - O Projeto de Lei (PL) nº 26/2017 foi aprovado doando para a empresa A2 Engenharia e Incorporação LTDA a área pública número 01, com o correspondente a 1.294,65m², localizada na Avenida Oceano Índico, uma das principais de Intermares. A empresa privilegiada com a doação deverá, como contrapartida, construir um Centro de Cultura e Artes no bairro de Camalaú e promover a urbanização do entorno de uma quadra já existente no mesmo bairro. Além disso, a Prefeitura durante o período de 10 anos terá o direito de usar, sem passar a ter propriedade, 2 salas comerciais para implantação de serviços à população.
De acordo com o projeto apresentado pelo prefeito, as ações de contrapartida custarão à A2 Engenharia e Incorporação LTDA o valor de R$ 816.261,43, um valor portanto, segundo a Prefeitura, superior aos R$ 800.000,00 que foram atribuídos como avaliação para o terreno doado. Em uma conta rápida, constatamos que o terreno doado, se tivesse sido vendido pelo custo do metro quadrado, teria tido cada metro quadrado vendido por cerca de R$ 617,00.
A avaliação do terreno foi ratificada em 12 de abril de 2017 pela Comissão Permanente de Avaliação de Imóveis da Prefeitura de Cabedelo, que tem como presidente, e que assina o Termo de Ratificação do Valor de Avaliação, Inaldo Figueiredo da Silva, funcionário efetivo da Prefeitura que foi candidato a vereador na última eleição pelo partido do prefeito Leto Viana.
SEGUNDA DOAÇÃO - A segunda doação aprovada pela Câmara de Vereadores foi feita através do Projeto de Lei (PL) nº 25/2017 do Executivo, que alterou e acrescentou dispositivos ao PL 1.803/2016. Nesse caso a beneficiada foi a empresa Nordeste Mídia Digital LTDA que foi contemplada com a doação de mais uma área pública do bairro de Intermares para a construção de sua sede em Cabedelo. Em contrapartida, a empresa deverá construir 44 abrigos para passageiros de ônibus, bem como reformar a Quadra Poliesportiva do bairro Camalaú.
“Desde que assumimos a gestão em Cabedelo temos trabalhado pelo desenvolvimento da cidade, atraindo grandes empresas para aqui se instalarem, gerando empregos e, sobretudo, fazendo parcerias que beneficiem diretamente nosso povo. Agradeço ao empenho e ao discernimento dos vereadores, que entenderam a importância desse PL”, declarou o prefeito Leto Viana.
A área destinada à construção da sede da Nordeste Mídia Digital LTDA foi avaliada, pela Comissão Permanente de Avaliação da Prefeitura Municipal, no valor de R$ 821.490,00, segundo informado pela própria Prefeitura em sua página na internet.
Os 44 abrigos de passageiros de ônibus foram orçados em R$ 380.858,22, com o prazo de execução estipulado em 1 ano. Já a reforma da Quadra de Camalaú foi orçada em R$ 440.863,02, e o prazo de execução previsto foi de 180 (cento e oitenta) dias.
Um detalhe importante que deve ser observado nesse caso específico que beneficiou a Nordeste Mídia Digital LTDA é que a única atividade descrita no CNPJ da empresa é a de ‘Agenciamento de espaços para publicidade, exceto em veículos de comunicação’, ou seja, inclui o agenciamento das publicidades expostas nas paradas de ônibus, por exemplo. Fica a pergunta: a empresa privilegiada com a doação do terreno, poderá também explorar comercialmente os espaços de publicidade que podem ser criados nas paradas de ônibus ofertadas como contrapartida? A saber...
 VEJA OUTRAS DOAÇÕES FEITAS A TERCEIROS EM OUTRAS GESTÕES













Cabedelo perde oportunidade de discutir com o seguimento os problemas da cultura e prefere declarar guerra aos agentes culturais da cidade

Em Cabedelo, não podemos deixar de destacar o tumulto que aconteceu na sessão do último dia 25 de julho, na Câmara Municipal, que tinha por objetivo debater os investimentos e os encaminhamentos no setor cultural da cidade por parte do poder público.
Diante de várias denúncias de mau uso do dinheiro por parte da Secretaria de Cultura, do fechamento do Teatro e da Biblioteca Municipal e, atendendo reibindicação da classe artística da cidade, a vereadora Geusa Ribeiro (PRP) solicitou uma sessão especial que pretendia discutir as políticas culturais com o movimento cultural na cidade. 
Até aí tudo bem...acontece que a mesa diretora da Câmara proibiu a entrada de representantes do segmento no plenário da casa legislativa, a chamada ‘casa do povo’ fechou as portas para os seus verdadeiros donos.
No entanto, foi permitida a participação e presença, inclusive nas galerias da Câmara, de secretários da Prefeitura e servidores prestadores de serviço e comissionados da gestão Leto Viana, o que revoltou os populares e a oposição.
Até a Guarda Municipal foi escalada para se fazer presente na Câmara, assim como a Semob que proibia o acesso de carros dos agentes culturais em frente a Câmara, o que foi considerado por muitos como uma atitude de intimidação por parte da gestão que comanda os rumos de Cabedelo atualmente.
"Foi um tumulto. O interior da Câmara estava cheio de gente, os babões do prefeito, seguranças da vereadora Jaqueline, enquanto isso os representantes da cultura foram vetados de entrar e a oposição foi impedida de filmar os trabalhos", denunciou o vereador José Eudes (PTB), que se retirou da sessão em protesto.
Segundo o parlamentar, em seu discurso na tribuna, até os assessores dos vereadores foram proibidos de estarem no plenário para que não fizessem gravações.
De acordo com a Câmara Municipal de Cabedelo, a mesa diretora apenas seguiu o protocolo e os representantes da cultura não tiveram direito de falar porque seus nomes não haviam sido mencionados no requerimento da vereadora autora da sessão especial.
A oposição, no entanto, garante que o artigo 84 do Regimento Interno da Câmara Municipal de Cabedelo assegura a participação da sociedade civil nas sessões especiais convocadas para debater assuntos de interesse público. “Foi tirado o direito da classe cultural se expressar. Nunca pensei passar por uma situação tão desagradável, mas sai muito mais fortalecida para lutar pelos problemas da nossa Cabedelo”, desabafou a vereadora Geusa Ribeiro, autora do requerimento que solicitou à sessão especial.
“A Câmara demonstrou na sessão da última terça como é frágil e desrespeitosa com o povo cabedelense já que praticamente todos os vereadores da base governista faltaram à sessão ordinária, que antecede à especial e poderia incluir os representantes culturais como oradores da sessão seguinte”, declarou a vereadora Fabiana Régis (PDT). “A sessão seguia e todos falavam em debater, mas como pode haver debate se apenas um lado quer se posicionar? Creio eu que buscamos melhorias para o nosso povo e para nossa cidade e não apenas a imposição da vontade de poucos em detrimento da maioria”, completou a vereadora.
Cabedelo vive de fato momentos quentes no cenário político e de grande tensão, principalmente pelas denúncias contra a gestão do prefeito Leto Viana e do processo que caminha para pedir a cassação do seu diploma conquistado nas eleições 2016.

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos dessa novela emocionante que se tornou a política no município de Cabedelo!
Da Redação

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger