DESTAQUE:
print this page
Última Postagem:

A Frente Democrática de Cabedelo tem mais um pré-candidato a prefeito, Aprigio Lima do PV.


O Partido Verde - PV reuniu sua executiva no inicio da semana passada e ficou decidido caminhar, nas eleições de 2012, com candidatura própria no município de Cabedelo.
Aprigio Lima, presidente da legenda no município, é o mais cotado para assumir a pré-candidatura. Ele confirmou a decisão do partido e, Segundo ele, no ato da decisão interna, seu nome foi colocado pelo secretário geral do partido, sindicalista Augusto.
O PV conta com 14 pré-candidatos a vereador e antes de integrar a frente, vinha apoiando a pré-candidatura de Wellington Brito. Agora, decidem indicar mais uma pré-candidatura para escolha da frente partidária democrática de Cabedelo.
Aprigio não quis adiantar maiores detalhes mas, deixou escapulir que nos últimos dias tem conversado bastante com Fernando Macedo do DEMOCRATAS e com o Engenheiro Quintans do PSC. “Tenho conversado bastante com Fernando Macedo e nos últimos dias me aproximei muito de Quintans e tenho dele uma boa impressão e espero poder me aproximar de Quintans e Quintans de mim, ou seja, PV e PSC”. Afirmou.
Perguntado se isso seria um rompimento com Brito, Aprígio declarou que não estava rompendo com o PSB que também participa da frente, estava apenas conquistando mais espaço para seu partido e o compromisso do PV não seria apenas com Wellington, mas, com todos os que compõem a Frente Democrática de Cabedelo.
Segundo o presidente do PV, a informação de candidatura própria do PV, já foi oficializada na última reunião da frente.
Aguinaldo Silva.

Cartório Eleitoral de Cabedelo vai abrir das 8 às 18 horas a partir desta quarta-feira (02/05)


A data limite para alistamento, transferência e regularização do Título Eleitoral é até as 23h59m do dia 09/05.
  O Cartório Eleitoral de Cabedelo estará funcionando, a partir desta quarta-feira 02/05, em horário especial que vai das 8 a 18 horas sem intervalo para o almoço. O plantão esticado visa atender os maiores de 16 anos, assim como, os que estão em divida com a justiça eleitoral e os que residem em Cabedelo mais ainda não transferiram seu domicílio e pretendam votar na próxima eleição. Estes terão até as 23h59m do dia 09/05, para fazerem seu alistamento, regularização ou sua transferência de domicílio.
Em entrevista exclusiva a nossa reportagem, o Chefe do Cartório Eleitoral de Cabedelo, Robson Cardoso Marinho, informou que diariamente estão sendo atendidas cerca de 200 pessoas. Ele acredita que esse número poderá duplicar na semana em que se aproxima a data limite (09/05) para o alistamento, transferência e regularização do título eleitoral.
A estrutura para atendimento dessa demanda também foi duplicada, “antes tínhamos apenas dois kits de biometria para o atendimento e hoje, para facilitar a vida dos eleitores cabedelenses, contamos com quatro”, disse Robson. De acordo com as informações do chefe do cartório, Cabedelo já dispõe até o momento, de 34.843 eleitores aptos a votarem. Ele acredita que esse número poderá chegar a 36.000 eleitores.
Com o sistema biométrico, o eleitor leva de 10 a 15 minutos para ficar em dia com a justiça eleitoral e, a partir desta quarta-feira 02/05, o cartório funcionará das 8 às 18 horas ininterruptamente e no dia 09/05 (data limite para alistamento, regularização e transferência), o plantão vai até as 23h59m.
Robson informou ainda que, visando a descentralização dos serviços e para atender com mais comodidade os moradores de Poço, Portal do Poço, Jacaré, Intermares, Renascer e bairros adjacentes, solicitou ao Juiz Eleitoral Dr João Machado de Sousa, um posto de atendimento para o bairro de Intermares, mas, o TRE alegando a indisponibilidade de servidores, não autorizou a instalação.
Em 2009, antes do recadastramento biométrico, o eleitorado de Cabedelo era de 38.500. Após o recadastramento, esse número caiu para 31.079 eleitores. Perguntado por quer 7.500 pessoas não se recadastraram, Robson foi enfático. “Acredito que esses não residiam em Cabedelo e com o novo sistema e as exigências de comprovação documental solicitadas na época, dificultou a eles a regularização.” Disse.
Perguntamos a Robson se essa prática não poderia continuar acontecendo, ele respondeu que “lamentavelmente, isso ainda ocorre nos dias de hoje, porem, a justiça eleitoral está mais atenta e todos os que apresentam comprovantes de residência que não estejam em seu nome, são imediatamente colocados para diligências. Segundo ele, já foi detectado, inclusive, algumas irregularidades, essas tentativas de fraudes, são encaminhadas para abertura de inquérito na Polícia Federal e as pessoas apanhadas nestas tentativas, além de processadas, ficam sem poder votar na próxima eleição. Ela terá o seu título normalmente, mas, seu nome não constará nas listas de aptos a votarem em 2012.” Afirmou Robson
O Chefe do Cartório mandou um recado para os políticos e eleitores que pretendem fazer uso desta prática. “Vão se dar mal aqueles que pensarem que em virtude da demanda e de estarmos assoberbados de serviços, vamos relaxar na fiscalização e facilitar para aqueles que pretendem insistir nessa prática, digo, tomem cuidado, evitem esse constrangimento de responderem a um processo e não acreditem em nosso relaxamento. Estamos atentos e vamos fiscalizar todos que não dispuserem de comprovantes de residência em seu nome e, se constatarmos irregularidades, não compactuaremos com isso e encaminharemos todos a justiça. Esse é meu compromisso desde que aqui cheguei.” Pontuou ele.
Tirar o título e votar em uma cidade sem nela residir, apenas para favorecer amigos ou familiares, é crime eleitoral punível com 2 anos de prisão e, os que incorrerem nessa prática, poderão ainda ficar sem poder viajar, terão que recolherem-se até as 10 horas a sua residência e comparecer uma vez por mês a justiça. Realmente, não vale a pena.
Texto e foto: Aguinaldo Silva

Gororoba, presidente da Liga Cabedelense de Desportos - LCD filia-se ao PSC de Cabedelo.


A Convite de Marcondes Gadelha e do Engenheiro Quintans, respectivos presidentes dos diretórios estadual e municipal do PSC, filiou-se na semana passada na legenda social cristã o presidente da Lica Cabedelense de Desportos, Sr. Rosivaldo Elias o Gororoba.
O desportista cabedelense ocupou todos os cargos da LCD e preside a entidade a quatro mandatos. Gororoba deu outra dinâmica a liga cabedelense, descentralizou as filiações e recebeu agremiações de todos os bairro da cidade. “Quando cheguei na entidade, existiam apenas oito clubes filiado e todos do centro da cidade. Hoje, já estamos com 27 e contamos com representações de vários bairros de nosso município.” Disse Gororoba.
Assessor Especial da Federação Paraibana de Futebol, gororoba organizou com o apoio da FPF, várias competições amadoras na cidade portuária. No último dia 15/04, encerrou com uma grande festa no campo do Havaí, a Copa Verão de Futebol Amador “Amigos do Mar” 2012, onde homenageou vários benfeitores dos esportes local.
Gororoba entra nos quadros do PSC para contribuir com o desenvolvimento de Cabedelo. Segundo ele, o partido dispõe da melhor proposta para o desenvolvimento dos esportes, turismo e geração de emprego e renda na cidade portuária. “Fiquei encantado com as propostas do PSC para o Esporte e venho contribuir com elas. Porem quero meu espaço na estrutura partidária”, avisou Gororoba.
A filiação do líder desportista cabedelense foi abonada pelo próprio presidente estadual do PSC, Marcondes Gadelha.
Aguinaldo Silva

Violência em Cabedelo - Mais um jovem acaba de ser alvejado e morreu sentado na cadeira de um bar na Rua Cleto Campelo em Cabedelo



Um jovem identificado por Ramón do Carmo Nascimento, de apenas 17 anos, foi assassinado com vários tiros na cabeça na noite deste domingo (29). O crime aconteceu dentro de um bar que fica localizado em frente o Ferry Boat, em Cabedelo. A vítima morava na Comunidade Camalaú.
O homicídio aconteceu no inicio da noite deste domingo e a vítima não pode reagir e morreu sentada em uma das cadeiras do bar onde bebia com uma mulher.
O jovem conhecido na cidade por Cidinho estava bebendo em um bar quando foi alvejado e morreu sentado na cadeira. A polícia esteve no local e de acordo com as informações colhidas por nossa equipe na cena do crime, o jovem é neto de dona Marta que vende macaxeira no mercado público da cidade. Segundo informações da polícia a vítima tinha envolvimento com drogas. A família não confirmou a informação e no local permanece a lei do silencio. Nossa equipe continua na busca de maiores informações.
Aguinaldo Silva com informações de Jorge Mendes
Foto: Aguinaldo Mota

CULTURA ENLUTADA - Faleceu na última quinta-feira (26) o repentista e fundador da Nau Catarineta de Areia-PB, Eduardo Silvestre.


Faleceu na última quinta-feira dia 26/04, ás 05:00hs, no hospital Padre Alfredo Barboza em Cabedelo, Eduardo Silvestre de Araújo, 82 anos. Seu Eduardo morava no Renascer III e era o pai da agente e líder comunitária daquela comunidade, Edangela Silvestre.
Seu Eduardo sempre se dedicou as causas culturais e acumulava uma cultura e um intelecto invejável. Quando mais moço, participou ativamente da construção cultural da cidade de Areia Em 2011, foi declarado patrimônio histórico da cidade por sua participação na fundação e participação da Nau Catarineta local.
O Patriarca da família Silvestre, além de repentista, fez parte das festividades culturais e populares da cidade de Areia, onde residia antes de vir morar no Renascer III. Além de fundador, ele dançava na Nau Catarineta de sua cidade. Quem o conhecia sabe de sua alegria e que ele era muito querido pelos conterrâneos familiares.
A Edangela e demais familiares, encaminhamos nossos pêsames e que a alegria de seu Eduardo continue confortando e alegrando vossos corações. É o que deseja o Renascer em Notícia e o Cabedelo na Rede.
Aguinaldo Silva. 

TRE agenda para 04/05 o julgamento do recurso contra expedição de diploma de Zé Regis e Sebastião Plácido


O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba agendou para o próximo dia 04/05 o julgamento do Recurso Contra a Expedição do Diploma – RCED -60 do prefeito José Francisco Regis e do vice Sebastião Plácido de Almeida. A informação esta publicada nesta quinta-feira 27/04, na pagina do TRE-PB. Se Zé e Plácido forem cassados, assumirá a prefeitura cabedelense durante o tempo necessário para o cumprimento da atual legislatura, o presidente da Câmara municipal de Cabedelo, o petista Ricardo Felix.
O recurso tramita no TRE-PB desde 23 de janeiro de 2009, conforme protocolo nº 3102009, o qual pede a cassação do diploma do Prefeito Zé e de Sebastião Plácido. Se forem condenados, Zé e seu vice ficarão inelegíveis para as próximos eleições.
O processo de cassação está fundamentado sob a alegação de “ABUSO DE PODER ECONÔMICO – CAPTAÇÃO ILÍCITA DE SUFRÁGIO” praticada na eleição de 2008 na cidade de Cabedelo e que afrontou a Legislação Eleitoral. Fato constatado pelo Delegado da Polícia federal Dr. Derly Brasileiro e o Ministério Público Eleitoral (TRE-PB) pediu a cassação de ambos os diplomas.
Entenda o caso:
No mês que antecedia as eleições de 2008, o prefeito José Régis foi denunciado à Policia Federal e ao TRE por supostas práticas de  distribuição de bens em troca de votos, envolvendo a administração pública municipal de Cabedelo, com o objetivo de favorecer sua candidatura. No dia 9 de setembro de 2008, o delegado da Polícia Federal, Derly Brasileiro, afirmou para a imprensa que se ficasse comprovado que houve distribuição de bens em troca de votos, envolvendo a administração pública municipal de Cabedelo, com o objetivo de favorecer a candidatura de quem quer que seja, a pena que será aplicada ao infrator iria até quatro anos de reclusão.
A denuncia foi formalizada pelo Partido Humanista da Solidariedade – PHS, DEMOCRATAS (DEM), Partido dos Trabalhadores – PT, Partido Republicano Brasileiro – PRB, Partido Trabalhista do Brasil – PT do B, Partido Social Democrático Cristão – PSDC, Partido Comunista do Brasil – PC do B, Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB e Partido Republicano Progressista – PRP. O delegado instaurou inquérito policial para investigar o caso. A PF cumpriu dois mandatos de busca e apreensão na Secretária do Trabalho de Ação Social da Prefeitura de Cabedelo e numa ótica da cidade, documentos de suposta distribuição de bens em troca de votos para favorecer o prefeito José Régis (Candidato a reeleição) e aliados políticos foram apreendidos.
Testemunhas foram ouvidas e o delegado declarou na época, que as pessoas revelaram, em depoimentos, que estavam ocorrendo na cidade a distribuição de vários bens em troca de votos, como óculos, colchões, próteses dentárias e também estavam sendo feitos pagamentos de contas de luz e água por parte da Prefeitura Municipal de Cabedelo para a obtenção de votos em benefício de Zé Regis e seus aliados. Segundo o delegado, as testemunhas confirmaram que essas distribuições estavam beneficiando apenas as pessoas que votassem em candidatos ligados à administração do Município.
“Apreendemos um bom número de documentos ligados a distribuição de alguns bens. Inclusive, alguns bilhetes dando a entender uma conotação política”, disse o delegado na época.
No dia 28 de setembro do corrente ano, o Diário Oficial da Justiça publicou o despacho do processo que pede a cassação do diploma de Regis e seu vice Sebastião Plácido, sob alegação de Abuso de Poder Econômico e Captação Ilícita de Sufrágio. No dia 16 de junho, o Relator do Processo, Juiz João Batista ordenou a publicação no DJE-TRE/PB da intimação das partes dando o prazo de 02 (dois) dias, ou seja, até sexta-feira (18), para apresentarem as Alegações Finais para que seja encaminhado ao Senhor Procurador Regional Eleitoral para o devido parecer.
Às 13:00hs, da quarta-feira (11/04), o processo foi enviado à Secretaria Judiciária para publicar homologação de desistência, reconhecendo legitimidade do MP e pedindo dia para julgamento. Horas depois, às 15:30hs, outra movimentação, desta vez, o processo foi encaminhado a Seção de Registros e Publicação  para cumprimento de despacho. Nesta quinta-feira 26/04, foi publicado na página do TER-PB que o RCED -60 está na pauta do próximo dia 04/05 para julgamento.
Dados do processo para o seu acompanhamento no TER-PB
PROCESSO:                       RCED Nº 60 - Recurso contra Expedição de Diploma UF: PB        
TRE
Nº ÚNICO:                         400967.2009.150.00       
MUNICÍPIO:                     Cabedelo - PB   N.° Origem: 159/2008
PROTOCOLO:                   3102009 - 23/01/2009 12:06       
RECORRENTE:                  MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
RECORRIDO:                     SEBASTIÃO PLÁCIDO DE ALMEIDA
ADVOGADO:                    JALDELENIO REIS DE MENESES
RECORRIDO:                     JOSÉ FRANCISCO RÉGIS
ADVOGADO:                    WALTER DE AGRA JUNIOR
ADVOGADO:                    SOLON HENRIQUES DE SA E BENEVIDES
RELATOR(A):                    EXMO JUIZ JOÃO BATISTA BARBOSA    
ASSUNTO:                         RECURSO CONTRA EXPEDIÇÃO DE DIPLOMA - ALEGAÇÃO DE ABUSO DE PODER ECONÔMICO - CAPTAÇÃO ILÍCITA DE SUFRÁGIO           
LOCALIZAÇÃO:                SEAPLE-Seção de Apoio ao Pleno           
FASE ATUAL:                    26/04/2012 13:49-RCED nº 60 (4009-67.2009.1.50.00) incluído na Pauta de Julgamento nº 19/2012 . Julgamento em 04/05/2012.
Aguinaldo Silva com informações do Soltando o Verbo.

Trócolli Jr. pode perder o mandato por ter trocado de partido e não ser candidato em Cabedelo.


A informa cão foi publicada no WScom e o processo encontra-se na Procuradoria Regional Eleitoral (PRE). Ação é movida na Justiça pelo suplente Ivaldo Morais (PMDB).

Prestes a se licenciar para disputar a Prefeitura de Cabedelo, o deputado estadual e pré-candidato Trócolli Júnior (PSD) deverá enfrentar nos próximos dias uma árdua batalha jurídica para tentar manter o mandato na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). É que já tramita na justiça em estágio avançado uma Ação de Perda de Cargo Eletivo por Desfiliação Partidária contra o parlamentar, que poderá cassá-lo por infidelidade partidária.
O processo (PET) de número 35.FICHA SUJA?334 está em tramitação no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), sob a relatoria do desembargador e corregedor Eleitoral Miguel de Britto Lyra Filho. Atualmente a ação encontra-se em análise na Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), para vistas do Ministério Público, antes de ser colocado na pauta daquela corte.
O autor é o suplente de deputado estadual, Ivaldo Morais (PMDB), que tenta na justiça conseguir o mandato. Trocolli Júnior deixou o PMDB no ano passado para filiar-se ao PSD e ingressar na bancada do governador Ricardo Coutinho (PSB) na ALPB.
Saída conturbada do PMDB
A principal justificativa do parlamentar para deixar o PMDB foi à falta de apoio do partido à sua postulação para concorrer a Prefeitura Municipal de Cabedelo nas eleições de 2012.
Na época, o deputado negou qualquer receio ou medo de perder o mandato por infidelidade partidária. “Saio com a consciência tranquila de quem serviu com dignidade e fidelidade ao meu estado e ao PMDB. Deixo vários amigos no partido e espero que esta decisão seja respeitada. Não temo nenhuma retaliação, minha decisão foi pensada e amadurecida”, disse.
Da Redação do Soltando o verbo com informações do WSCOM Online

Vereador Beninha denunciou na tribuna da Câmara que obra da passarela do Renascer está parada.


Segundo o vereador a empresa responsável pelas obras da passarela é a mesma que a quatro anos esburacou a quadra do Renascer II e até agora não concluiu a obra.
 
O vereador Beneval Severo Ramos – Beninha (PSL), representante do Renascer na Câmara de Cabedelo, denunciou na tribuna da casa na sessão da última terça-feira (24) que a obra da passarela do Renascer II está parada a mais de um mês. Ainda de acordo com as declarações do vereador, a empresa responsável pela construção da passarela é a mesma que, em 2008, ganhou a licitação, esburacou a quadra esportiva do Renascer II e abandonou a obra deixando a comunidade sem o seu equipamento esportivo.
Na última sessão da Câmara, Beninha aprovou o requerimento 066/2012, solicitando ao DNIT na Paraíba, informar a Câmara de Cabedelo, o andamento das obras da “passarela” do Renascer e, o por quer, de sua paralisação.
“As obras estão paradas a mais de um mês e a comunidade cobra a continuidade da mesma, já que foi autorizada pelo governador e é um beneficio de grande importância para amenizar os constantes acidentes ocorridos naquele trecho da BR 230” disse o vereador.
Em aparte, os vereadores Leto, Josué Góes e Tercinho, se acostaram a iniciativa do vereador e o parabenizaram pela “incansável” luta do mesmo, em prol da construção da quadra (citada por ele), bem como, da construção da passarela.
“O governo fez festa no bairro para anunciar a autorização da obra e até alguns aproveitadores quiseram tomar para si a iniciativa da mesma. Por quer não fiscalizam e não pedem a retomada da mesma agora” enfatizou o vereador Leto.
A passarela é uma reivindicação antiga da comunidade e um compromisso do então candidato a governador, Ricardo Coutinho, firmado com a comunidade em reunião de campanha na Associação de Moradores em 2010.
A comunidade fez várias manifestações naquele trecho (Km 11) da BR. Aguinaldo Silva, enquanto assessor do então deputado Ricardo Coutinho, encaminhou através de seu mandato, o primeiro requerimento na ALPB, solicitando a passarela. Da mesma forma, quando gerenciou o gabinete do deputado Nivaldo Manoel, tornou a encaminhar outro requerimento no mesmo teor ao DNIT.
Em 2007, quando presidia a ONG - Movimento Cultural Renascer – MCR, Aguinaldo Silva constatou que, somente naquele ano, 26 acidentes teriam ocorridos naquele trecho, vitimando nove pessoas daquela comunidade. De imediato, articulou com o então presidente da associação local, Rosivaldo Alves - Galan e demais lideranças comunitárias, uma grande manifestação que paralisou o transito no local por mais de duas horas. A PRF esteve no local, inclusive, fazendo uso do helicóptero e acordando com os manifestantes que seriam recebidos pelo Superintendente do DNIT. A imprensa escrita, falada e televisada, registrou a manifestação.
Confira abaixo as matérias jornalísticas da época e Clique Aqui para assistir o vídeo com a repercussão nas TVs.
Texto e Foto: Aguinaldo Silva.

Vereadores de Cabedelo rejeitam requerimento de sessão especial para debater o OD estadual.


 
Os Vereadores de Cabedelo rejeitaram na sessão da última terça-feira (24) um requerimento do vereador Wellington Brito que solicitava uma Sessão Especial para debater o Orçamento Democrático do governo estadual na Câmara da cidade portuária.
Em sua justificativa (oral) o autor da propositura, vereador Welington Brito, argumentou que nas duas edições do OD, Cabedelo não emplacou nenhum representante no conselho do colegiado e, por isso, não foi contemplada com recursos do governo nos dois primeiros anos do OD. Segundo ele, as cidades que elegeram representantes no colegiado foram beneficiadas com algum beneficio do programa, a exemplo de Bayeux que recebeu aprovação do binário que está sendo concluído, Conde que também vai receber um binário, Santa Rita que foi contemplada com duas praças e Cabedelo não recebeu nada.
Brito pretendia discutir com a gerente do orçamento democrático, Sra Cris Lucena e a sociedade civil de Cabedelo, o funcionamento e a implantação do OD estadual, visando trazer as plenárias para acontecer na cidade portuária. O vereador Josué Góes não achou interessante discutir o programa do governo e pediu destaque ao requerimento, encaminhando votação contraria a propositura. Apenas o autor votou com a matéria, os demais presentes, votaram pela rejeição.
Indignado com a posição de seus pares, Brito taxou de irresponsáveis os que votaram contra ao requerimento.
“Só em Cabedelo acontece essas coisas. É por isso que a cidade não cresce. Não estão votando contra o vereador Welington e sim, privando os cidadãos cabedelenses de discutirem o orçamento do governo do Estado. São um bando de irresponsáveis. E esses ainda querem continuar governando ou representando o povo dessa cidade. Qual a visão administrativa que esse pessoal tem? Como pode alguém votar contra os que querem discutir o Orçamento Participativo e Democrático do governo? Disparou Brito”.
Presentes no plenário estavão os vereadores: Josué Góes, Lucas Santino, Beninha, Luizinho do Depósito e Welington Brito. Tércio Dornelas presidia a sessão e com ele na mesa estava o vereador Leto e Jonas Pequeno.
Texto e Foto: Aguinaldo Silva      

Obra mal acabada em uma galeria no bairro de Monte Castelo deixa moradores indignados com a prefeitura.

Moradores expressaram sua indignação em mensagem contra o prefeito no muro da entrada do bairro.
Moradores da Rua José Messias de Freitas, no bairro Monte Castelo em Cabedelo, procuraram a redação do Cabedelo na Rede e Renascer em Notícia para denunciar uma obra mal acabada da prefeitura que vem prejudicando o transito e a vida dos habitantes daquela comunidade.
Segundo o Morador Antonio de Figueiredo Silva, a obra foi paralisada a mais de cinco meses e a galeria no meio da rua ficou aberta, levando a comunidade a conviver com os transtornos. Segundo ele, cinco veículos já caíram dentro da galeria e varias pessoas já foram acidentadas no local. “A rua só tem entrada, não tem saída, o carro do lixo não entra mais e somos obrigados a acumular o lixo na entrada da mesma. Se adoecer alguém tem que trazida até aqui por quer a ambulância não entra. Minha vizinha está com a fossa cheia e não pode esgotar, pois o caminhão não pode chegar até a casa dela. Várias pessoas estão com sintomas de dengue e acreditamos que seja por conta dessa galeria. Fizeram a obra e deixaram pela metade.
Para completar, um poste existente no meio da rua, dificulta, ainda mais, o acesso ao local. Dona Zélia da Silva Araújo informou a nossa reportagem, que já solicitou a Energiza a retirada do mesmo, mas, segundo ela, a empresa quer que ela pague R$ 4.000,00 para remoção do mesmo. “O poste não é meu, é da energiza, ela que retire do meio da rua eu não vou pagar pelos erros dos outros” disse Dona Zélia.
Dona Ivonize mora na esquina da entrada da rua, vizinha a tal galeria. Ela informou que é a mais prejudicada com a obra mal acabada do prefeito. “Alem de conviver com a fedentina provocada pela galeria, ainda sou obrigada a respirar o mau cheiro do lixo que os moradores acumulam em minha porta, o carro não entra na rua e eles trazem o lixo até aqui, quando os cachorros rasgam as sacolas, sobra pra mim a catinga do lixo podre e ainda tenho que retirar o que caiu dentro da vala.
A moradora Juliana dos Santos confirmou que as obras estão paralisadas a mais de cinco meses, ela afirma que já foi vítima do buraco, pois caio na galeria com sua bicicleta, além disso, presenciou vários acidentes no local. “Meu visinho caiu com seu carro nessa galeria e danificou seu veículo. Já solicitamos providencias na secretaria, mas, até o momento, só promessa de conclusão e nada mais”. Desabafou Juliana.
Um desabafo foi colocado em um muro na entrada do bairro, ao lado da Farmácia Almeida. Como podemos ver na foto, um morador escreveu a frase “Vergonha Zé Régis.
O assunto chegou ao conhecimento dos vereadores. Tércio Dornelas (PSL) apresentou na última sessão, o requerimento 063/2012, solicitando ao secretario de serviços urbanos, Sr. Alberto de Albuquerque Bezerra, providencias “urgentes” no sentido de concluir os serviços da galeria iniciada e paralisada sem conclusão, no bairro do Monte Castelo. Com a palavra a Prefeitura da cida


de.        
Texto e Foto: Aguinaldo Silva
Requerimento do vereador Tercinho 

Veteranos do Renascer organizam competição de futebol que levará o nome do ex-líder comunitário Alvinho, falecido em 2006.


 
Os desportistas de vanguarda do futebol do Renascer estão organizando mais um campeonato de futebol naquela comunidade para homenagear o ex-presidente da Associação de moradores local, Expedito Miguel (o Avinho), falecido em 2006. Trata-se da Copa Alvinho de Futebol Veterano 2012, organizada pelo desportista Santa Rita e que terá o patrocínio da Ima Construções, Fronteira Engenharia e do Site Cabedelo na Rede.
A competição está prevista para iniciar na manhã do próximo domingo dia 06 de maio de 2012, no Campo de futebol do Renascer III. Oito clubes disputarão a Copa Alvinho de Futebol Veterano 2012. A saber: Renascer, Fluminense, Cruzeiro, Peladão, ABC, Flamengo, Ressaca e Náutico.
A reunião com os presidentes das equipes participantes e os patrocinadores da competição, aconteceu na última segunda-feira (23/04), na quadra de esportes do Renascer III. Na oportunidade, foi apresentado, lido e aprovado, o regulamento com as regras que regerão a competição. De acordo com as regras, todos competirão entre si. A vitória vale três pontos, o empate um. Os quatro melhores colocados, passarão para a segunda faze e decidirão o quadrangular decisivo e dois deles, disputarão a grande final.
“Alvinho foi um grande líder desta comunidade e merece a homenagem que vamos lhe prestar. Foi uma grande liderança que dedicou parte de sua vida as lutas sociais deste bairro. Faleceu em 2006 de um infarto fulminante e com apenas 43 anos de idade. Os veteranos desta comunidade conviveram com Alvinho e conheceram sua luta na associação de moradores local. Por isso vamos lhe homenagear e resgatar a memória de seu nome”. Disse Santa Rita.
Nildinha, filha do ex-líder Alvinho, estava presente na reunião e falou sobre a homenagem dos desportistas veteranos. “Só tenho que agradecer aos desportistas veteranos desta comunidade a lembrança do nome de meu pai para denominar esta Copa. Vamos acompanhar de perto esta competição e ficamos contentes com a homenagem. Ressaltou ela.
Texto e foto: Aguinaldo Silva

Senado aprova fim da "guerra dos portos" e nova alíquota unificada do ICMS é de 4% e passa a valer a partir de 2013


O Senado Federal aprovou por 56 votos favoráveis e 12 contrários a Resolução 72, encerrando os debates iniciados em 2010 para coibir importações prejudiciais à indústria nacional. Com isso, o governo federal venceu a queda de braço com cerca de dez estados em torno da unificação em 4% da alíquota do Imposto sobre Circulação de Produtos e Serviços (ICMS) para produtos importados, pondo fim à “guerra dos portos” (incentivos fiscais estaduais para receber movimentação de carga e investimentos de empresas).
Ficam fora da nova alíquota itens importados sem similar nacional definido pelo conselho de sete ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex) e componentes de informática inclusos no Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores (Padis), projeto do Plano Brasil Maior para incentivar a instalação do setor de alta tecnologia no país. A exceções foram apresentadas hoje pelo governo, após reunião no Ministério da Fazenda.
Base dividida pede novo pacto federativo
A votação mostrou um racha na base aliada do governo, com integrantes do PMDB e PT indo contra à proposta do Planalto de unificar a alíquota sem flexibilizar na negociação com os estados. Postura que reforçou nesta terça-feira o debate sobre um novo pacto federativo no Senado.
A discussão ocorreu após o senador Luiz Henrique da Silveira (PMD-SC) apresentar emenda estabelecendo uma regra de transição do ICMS, atendendo pleito de governadores prejudicados com a proposta do governo. A emenda estipulava quatro anos de transição com ICMS inicial de 10% em 2013, 8% em 2014, 6% em 2015, chegando à meta de 4% do governo em 2016. “Os estados precisam dessa transição. Ela é boa para os estado, o país e o governo federal”, argumentou.
A medida foi recusada pelo plenário, mas contou com apoio do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES). “Esse projeto (Resolução 72) acarretará em um imenso prejuízo ao Espírito Santo. Cerca de 44 dos nosso 78 municípios serão prejudicados na responsabilidade fiscal (sem arrecadação de cerca de R$ 3 bilhões do ICMS)”, afirmou.
Ferraço indicou disposição de recorrer junto da decisão do Senado no Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo apreciação de inconstitucionalidade da resolução.
Discurso contra a postura do Planalto também foi assumido pela capixaba Ana Rita (PT-ES), que evidenciou o racha na base governista.“Defendemos um período de transição”, disse a senadora antes da votação, em apoio à medida de Silveira. “Não podemos ter vencedores e vencidos entre os entes da federação”, criticou.
Lindbergh Farias (PT-RJ) indicou que “está na hora do Senado chamar o governo para discutir um novo pacto federativo”. “Voto a favor da Resolução 72, mas vou votar com regra de transição”, disse.
Outro partido da base que também manifestou apoio à resolução com ressalvas foi o PSB. “Nosso voto é a favor da Resolução 72, mas apoiando a proposta do senador Luiz Henrique para que os estados tenham um saída justa”, disse Antônio Valadares (PSB-SE).
O PC do B foi favorável à unificação do ICMS, mas endureceu contra o argumento do governo de que a “guerra dos portos” desindustrializa o país. “Dizer que a importação por Santa Catarina e o Espírito Santo é o que prejudica a indústria brasileira é uma aberração”, rebateu o senador Inácio Arruda (PC do B-CE).
Relator da Resolução 72, Romero Jucá (PMDB-RR), defendeu a emenda elaborada por ele como investida para garantir o “fortalecimento da economia brasileira” e a “defesa de empregos no Brasil”.
Compensação financeira recusada
Em discurso inflamado contra o que chamou de manobra do governo Dilma Rousseff para jogar “estados contra estados”, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) sugeriu compensações financeiras por cinco anos em repasses mensais pela União aos estados e municípios com maior perda fiscal com a unificação da alíquota.
Contrário à guerra fiscal quando governador de Minas Gerais, Aécio disse ter se sensibilizado para que as estruturas administrativas prejudicadas não sejam punidas sem transição para se adaptarem à extinção do imposto. “É ilógico que essa compensação não seja apresentada pelo governo federal para ressarcir as administrações públicas prejudicadas”, criticou.
Os demais senadores não apoiaram a inclusão da emenda no texto final da Resolução 72, que será publicada no Diário Oficial da União sem a necessidade de passar pelo aval da presidenta Dilma.
Fonte: Ig

Edvaldo Rosas renuncia à Assessoria Especial da PMJP e expõe crise no PSB paraibano


Governador diz que ainda considera Luciano Agra um aliado
O Presidente Estadual do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas, comunicou , na manhã desta quarta-feira (25), durante entrevista coletiva realizada na sede estadual do PSB, sua renuncia ao cargo de Assessor Especial da Prefeitura Municipal de João Pessoa. Em sua fala, o presidente do PSB paraibano, afirmou que o partido precisa ser mais respeitado pelo prefeito Luciano Agra, que também ocupa cargo na Direção Nacional da legenda.
“Vários companheiros foram exonerados da Prefeitura sem sequer serem comunicados. O companheiro Rubens Freire, por exemplo, soube de sua exoneração pela sua secretária. O respeito é bom e nós queremos ser respeitados”, enfatizou Edvaldo.
“O processo de exoneração, que teve inicio em fevereiro, sem conversa prévia com nenhum dos exonerados, é uma atitude de profundo desrespeito com auxiliares históricos da sua gestão e do nosso projeto”, lamentou Rosas em carta renúncia.
 “Claro que sim!”. Essa foi a resposta dada pelo governador Ricardo Coutinho quando perguntado se o prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, do mesmo partido que ele, o PSB, ainda era considerado um aliado político.
A resposta foi dada à repórter Nelma Figueiredo, da TV Correio, durante entrevista coletiva na noite desta quarta-feira (25), por ocasião da inauguração do Centro de Turismo e Lazer Sesc Cabo Branco e Escola Senac de Gastronomia e Hotelaria.
Ricardo Coutinho se mostrou visivelmente descontente com a pergunta, respondeu secamente o “Claro que sim!”, não prolongou a resposta e deu por encerrada a entrevista.
A pergunta foi motivada pelos acontecimentos políticos recentes que especulam sobre um possível rompimento na relação entre o governador e Agra, que passaria a apoiar a candidatura de Nonato Bandeira (PPS) à Prefeitura da Capital, em detrimento da de sua companheira de partido Estilizabel Barbosa.
Veja abaixo a íntegra da Carta Renúncia: 
João Pessoa, 25 de abril de 2012
Excelentíssimo Sr. Prefeito Luciano Agra
Venho, por meio desta, encaminhar meu pedido de exoneração, em caráter irrevogável, do cargo de assessor especial que exerço junto ao Gabinete do Prefeito, pelas razões que passo a apresentar.
Na condição de presidente do diretório estadual do Partido Socialista Brasileiro, não posso continuar assistindo inerte às iniciativas tomadas por vossa excelência no que resolveu alcunhar de reforma administrativa, esvaziando a participação do PSB no governo do Município de João Pessoa e na mesma medida ameaçando a participação de militantes históricos do socialismo na construção do projeto político que governa a Paraíba e a capital dos paraibanos.
A história da construção dessa gestão que hoje se volta contra seu próprio partido e busca confundir sua própria militância, teve início em 2004 por um dos processos eleitorais mais inovadores que vivenciamos na Paraíba, no qual os princípios da democracia participativa e da republicanização catalisaram os anseios da sociedade e elegeram o companheiro Ricardo Coutinho para prefeito dessa cidade.  Em 2008 dando continuidade ao projeto concorremos ao processo eleitoral tendo que tomar uma decisão importante. Manter o projeto na condução única do partido construindo uma chapa majoritária apelidada de “puro sangue”.
Sua escolha da condição de vice-prefeito nas eleições de 2008 contrariou toda a regra da disputa partidária, pois naquela ocasião não se podia lhe atribuir capital político, financeiro ou tempo de televisão, mesmo assim foi escolhido herdeiro privilegiado para cumprir uma missão, por ser considerado leal e de confiança.
Escolhido para cumprir uma tarefa estratégica para o partido perdeu-se em sua execução, não seguiu as orientações partidárias e por decorrência não conseguiu se viabilizar como alternativa eleitoral real, o que culmina na sua desistência a condição de pré candidato.
No dia 04 de abril, em reunião histórica do diretório municipal do PSB, os argumentos apresentados por vários dirigentes partidários lhe convenceram dos equívocos da sua condução de todo o processo e o senhor, assumiu, publicamente o compromisso de cumprir com as decisões partidárias. Na prática, não é o que verificamos. O que é perceptível é um processo de perseguição e intimidação daqueles que se contrapropuseram aos seus propósitos, em debate político profundamente democrático e de alto nível de argumentação.
Lembro ainda que estive em várias reuniões com o senhor, acompanhado de outros dirigentes partidários, tratando de assuntos diversos, dentre eles as mudanças na gestão municipal e a disposição do PSB na construção do melhor para a sua administração que é nossa também. Lamentavelmente, nada do acordado foi cumprido.
O processo de exoneração sem conversa prévia com nenhum dos/das exonerados/as numa atitude de profundo desrespeito com auxiliares históricos da sua gestão e do nosso projeto teve inicio ainda em fevereiro. A lista é grande, significativa e reveladora
Vejamos: Coriolano Coutinho, Secretário Geral do PSB, Ronaldo Barbosa, Presidente Municipal do PSB, Rubens Freire, Vice-presidente Municipal do PSB, Laura Farias, Tesoureira do PSB, e vários/as outros/as companheiros/as que não ocupam cargo no partido e que preservo suas identidades por conta do clima de receios e temores criado por suas ações no ambiente da gestão municipal.  Situação que está comprometendo o nosso projeto.
Diante do descrito, reafirmo o meu pedido. Entretanto, como dirigente partidário, devo persistir no diálogo que possa vir a superar as divergências e possíveis incompreensões que existam entre nós, mas mantendo a coerência e a autonomia que se fazem necessárias nessa conjuntura. Aguardo, sinceramente, que a construção de uma sociedade socialista que é aquilo que nos uniu seja tratada como o bem maior de nossas atitudes políticas.
Fidelidade partidária, lealdade e confiança.
Edvaldo Rosas – Presidente Estadual do PSB”
Fonte: Edmilson Pereira/Wanja Nóbra com Assessoria

Leto rebateu o que chamou de boatos criados para prejudicar sua pré-candidatura e recebeu solidariedade de seus pares na Câmara


O vereador Leto Viana (PMDB), esclareceu publicamente, na noite dessa terça-feira (24), durante sessão na Câmara Municipal de Cabedelo, as informações equivocadas, publicadas em alguns veículos de comunicação, sobre a compra de uma maleta para notebook durante sua gestão na presidência do Legislativo Municipal, em 2009.
Segundo as notícias divulgadas, a Câmara havia adquirido, na ocasião, uma maleta no valor de R$ 9 mil, entretanto, conforme constatado no Sistema de Acompanhamento da Gestão de Recursos da Sociedade (Sagres) do Tribunal de Contas do Estado (TCE), disponível no sítio eletrônico daquela instituição, o acessório custou R$ 129,00, e está devidamente registrado sob o empenho de número 0001155 (em anexo).
“Alguns pré-candidatos, por não terem nenhum serviço prestado a população cabedelense, tentam, de todas as formas possíveis, deturpar minha imagem, optando por uma disputa desleal, covarde e desrespeitosa, onde a população é ludibriada com inverdades que visam macular a imagem dos integrantes da chapa que está conquistando a preferência dos cidadãos”. Mas, como sempre, a verdade vem à tona e neste caso não foi diferente”,  afirmou.
Durante discurso do vereador Leto, outros parlamentares, como Tércio Dornelas Filho (PSL), Lucas Santino (PHS) e Josué de Góes (PRTB), foram à tribuna para se solidarizar. “Antes de divulgar uma informação, é preciso averiguá-la. Se isso tivesse acontecido, os autores desse boato veriam que, no próprio site do TCE, tem o empenho, o cheque e o valor do produto. Quem levantou essas inverdades achou que as pré-candidaturas de Luceninha e Leto perderiam votos, o que não vai acontecer, porque a população de Cabedelo conhece a conduta dos dois e o comprometimento deles para com a nossa cidade”, afirmou Josué de Góes.  
Ficha Limpa – Leto Viana já foi presidente da Câmara de Cabedelo por quatro mandatos e sempre com o aval irrestrito do Tribunal de Contas. Leto afirmou ainda que todas as informações e comprovações das contas de sua última gestão na Presidência da Câmara Municipal de Cabedelo já foram anexadas aos Autos do Processo que tramita no TCE/PB, demonstrando assim que todos os requisitos para sua aprovação estão ali inseridos, razão pela qual aguarda o julgamento com tranquilidade.
“As contas ainda não foram julgadas, mas alguns blogueiros cometeram o desrespeito de dizer que eu e Luceninha não seremos elegíveis. Reafirmo que nós dois somos fichas limpas, a nossa pré-candidatura está crescendo cada vez mais e, exatamente por isso, está incomodando alguns pré-candidatos que nunca fizeram nada por Cabedelo, não conhecem a nossa cidade e, consequentemente, não tem nenhum projeto para apresentar à população”, afirmou Leto, ressaltando que ele e Luceninha estão unidos em um mesmo projeto, com o objetivo de trazer mais desenvolvimento para Cabedelo e mais qualidade de vida para os cabedelenses.
Fonte: Assessoria do Vereador.

Operadores de turismo da Argentina chegam à Paraíba nesta 5ª e visitarão o Por do sol de Jacaré em Cabedelo.


Sete representantes das principais operadoras de Turismo da Argentina desembarcam nesta quinta-feira (26) no Aeroporto Castro Pinto para uma visita técnica de cinco dias a João Pessoa, Cabedelo e Conde (Litoral Sul). Os executivos atenderam a um convite da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) para conhecer a infraestrutura da rede hoteleira, de serviços (bares e restaurantes, receptivos) das cidades paraibanas incluídas no roteiro Sol e Mar.
A programação das visitas técnicas foi definida no último dia 19 pela equipe da PBTur e representantes das Secretarias de Turismo dos Municípios de João Pessoa, Cabedelo e Conde, além do Convention Bureau de João Pessoa. Também participaram os executivos da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Paraíba (ABIH-PB) e das empresas de receptivos da Luck Receptivo e Mais Brasil.
Nesta quinta-feira, os executivos argentinos se hospedam no Hotel Littoral, onde almoçam. Para a noite está programado um jantar no hotel Hardman, na praia de Manaíra. Na manhã da sexta-feira (27) a comitiva segue para o Litoral Sul, onde realiza um passeio de buggy. O almoço acontece no restaurante Cannyon, na praia de Coqueirinho. Na parte da tarde ocorrem visitas técnicas nas pousadas Conchas, Aruanã, Jacumã's Lodge e Luz.
No final da tarde, o grupo vai até o Mussulo By Mantra Resort para visita, onde participam de um jantar. O retorno a João Pessoa acontece em seguida. No sábado (28), os argentinos participam de um city tour por João Pessoa para conhecerem as praias urbanas, Centro Histórico e Estação Cabo Branco, Ciência, Cultura e Artes. O almoço acontece no hotel Tropical Tambaú. No final da tarde, o grupo segue para Cabedelo (litoral Norte) para visita à praia do Jacaré. Está previsto também um passeio pela Feirinha de Tambaú.
No domingo (29), os argentinos participam de um Workshop com operadoras e hoteleiros no Hotel Sol Mar, quando cada hoteleiro terá uma mesa e oportunidade de apresentar seu produto e negociar tarifas. As prefeituras de João Pessoa, Conde e Cabedelo apresentarão vídeos institucionais sobre seus destinos turísticos.
"No ano passado, nós participamos de uma feira de turismo na Argentina e aproveitamos para fortalecer essa relação com as operadoras de turismo argentinas, para que possam conhecer as maravilhas que nós temos a oferecer”, afirmou Ruth Avelino, ao lembrar que nos anos 90 a Paraíba manteve um trabalho intenso com os turistas argentinos.
Relação - As Operadoras que já confirmaram presença na visita técnica são a All Seasons - Daniel  Konortoff (Gerente de Ventas Brasil), Consult House - Valeria Silvia Harmath (Responsable de Producto Brasil), Eurovips - Daniel Allen (Jefe Brasil), Interlands - Diego Pagani e Ignacio Serruda, Princípios - Juan Manuel Poleri (Gerente), Topdest - Maria Tereza de la Torre (gerente de produto) e a Thesys.
Fonte: Secom PB

Pagamento de abril da folha dos servidores do Estado e da PMJP será nesta sexta e segunda


O Governo do Estado e a Prefeitura de João Pessoa pagam nesta sexta-feira (27) os vencimentos de abril para aposentados e pensionistas. Na segunda-feira, 30, recebem os servidores da ativa da administração direta e indireta. Os governos socialistas de Ricardo Coutinho e Luciano Agra seguem com a política de valorização do funcionalismo público, prezando pelo pagamento dos vencimentos sempre dentro do mês trabalhado.
 A folha de abril tem um diferencial muito positivo para a economia do Estado. A Folha estadual vai injetar cerca de R$1.300.000,00 (Um milhão e 300 mil reais) com o pagamento do primeiro salário, e seus encargos, para os professores efetivos de Educação Básica 3, aprovados e que tomaram posse no mês passado. Os professores que começaram a trabalhar ainda em março vão receber junto com o vencimento de abril o valor referente ao retroativo.
A folha de abril sofreu um crescimento considerável, mas trata-se de um investimento na educação pública. Há duas semanas representantes da Secretaria do Tesouro Nacional estiveram na Paraíba e avaliaram como excelente a aplicação do Programa de Ajuste Fiscal (PAF) no Estado, durante o exercício 2011. "O Estado, por meio de medidas eficazes, saiu de uma situação de inadimplência em 2010, para a regularidade fiscal, em 2011, e mesmo a contratação de novos concursados não compromete o equilíbrio financeiro da Paraíba. Em 16 meses de Governo foram contratados mais de 2.030 concursados em várias áreas”, afirmou a secretária da Administração Livânia Farias.
Em 2010, a Paraíba pontuava como um dos estados do Brasil que mais comprometia a receita com a folha de pessoal. Em Dezembro de 2011, a Paraíba restabeleceu o equilíbrio, atingindo o limite de 57% da Receita Corrente Líquida (RCL) com pessoal. O índice foi inferior ao pactuado com o Tesouro de 60%. Para se ter uma ideia do nível de desoneração da folha, o comprometimento em 2010, de acordo com o Tesouro, atingia 66% da receita estadual. "A Paraíba está numa situação tranquila com endividamento muito baixo, um dos menores do Brasil. É um exemplo de correção e responsabilidade fiscal”, atestou o coordenador-geral das Relações e Análise Financeira dos estados e chefe da missão da STN, Bento André de Oliveira, com base na análise dos dados entregues pela Controladoria Geral do Estado (CGE).
Fonte: Secom PB e Secom JP

Gostou do que leu? Comente. Compartilhe. Divulgue

RENASCER EM NOTÍCIA

Minha foto

AGUINALDO SILVA - Radialista Profissional - 2.913 DRT-PB, 46 anos, servidor publico, natural de Mulungú-PB, radicado em Cabedelo-PB desde 1988, divorciado, pai de um casal de filho, produtor e ativista cultural, socialista por convicção, militante social, cultural e político em Cabedelo,  blogueiro, escreve no site www.cabedelonarede.com.br e no blog www.renasceremnoticia.blogspot.com
Ama os seres humanos e detesta a desigualdade social. "Se voce é capáz de se indignar com o sofrimento de seu semelhante, somos amigos" Frase de Che Guevara que tem como moldura em sua vida.
Atualmente trabalha na Casa da Cidadania de Cabedelo e busca ativar o movimento cultural do Renascer e interligar em rede, o terceiro setor de Cabedelo.
 
Site: Cabedelo Na Rede : Click aqui Copyright © 2011. Renascer em Notícia - Editado por Rhicardho
Proudly powered by Blogger